Follow by Email

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Davi e sua Equipe de Liderados

LIÇÃO 05 - DIA 01/11/2009
Davi e sua Equipe de Liderados - Pr. Moisés Carneiro Filho

TEXTO ÁUREO - I Sm 22:2
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: I Cr 11:10-12, 20, 22, 24, 25


I - INTRODUÇÃO:

•I Sm 22:1-2 - Davi atraiu estes homens sem procurá-los! Ele parecia estar sozinho. Mas, quando se escondeu na caverna de Adulão, uma porção de gente começa a chegar esperando juntar-se a ele. O Espírito de Deus, sob a liderança de Davi, capacitou estes fracos instrumentos para que ajudassem o seu líder, um homem segundo o coração de Deus. Leiamos I Cr 12:1-2, 8, 16-18.
II - O LÍDER PREPARA E CONDUZ OS SEUS LIDERADOS:
•No mínimo, os líderes devem ter uma visão clara do futuro para onde conduzir os seus liderados. Vejamos o ministério de Davi na liderança:
•(1) - COMO LÍDER, DAVI NUNCA MENOSPREZOU AQUELES QUE O SENHOR LHE ENVIOU.
•(2) - COMO LÍDER, DAVI TINHA A HABILIDADE NECESSÁRIA PARA TREINAR HOMENS QUE NÃO POSSUÍAM NENHUMA CAPACIDADE - Ele transformou estes homens na Elite Militar da sua época. Um verdadeiro exército de Deus! Vejamos:
•(A) - De covardes, Davi os fez valentes e poderosos (II Sm 23:8).
•(B) - De aflitos, Davi os fez soldados valorosos (I Cr 12:22).•(C) - De endividados, Davi os fez mais valiosos do que ouro: O menor valia por 10 homens e o maior por 1000 (I Cr 12:14).
•(3) - COMO LÍDER, DAVI NÃO TINHA MEDO OU RECEIO DE COLOCAR AO SEU LADO HOMENS QUE TERIAM SEUS POTENCIAIS AUMENTADOS E OBSERVADOS POR TODOS NO DECORRER DO TREINAMENTO - Muitos destes Valentes seriam melhores do que Davi na arte da guerra. (I Sm 23:8-17).
•(A) - Josebe matou 800 com uma lança.
•(B) - Eleazar, com sua mão pegada à espada, atacou os filisteus e os feriu.
•(C) - Samá defendeu seu campo de lentilhas, efetuando grande combate.
•(4) - COMO LÍDER, DAVI TINHA ADMIRAÇÃO E RESPEITO PELA VIDA E SERVIÇO FIEL DOS SEUS LIDERADOS - II Sm 23:17.
•(A) - Os valentes ouvem o suspiro por água do seu líder e agem imediatamente em missão.
•(B) - Não era uma ordem de Davi, nem um pedido, era apenas um desejo pela água da fonte de Belém. Todavia, estes homens romperam as barreiras e obstáculos por causa do desejo de servir ao ungido do Senhor.
•(C) - Davi nunca procurou a fidelidade destes homens. Todavia extraiu deles lealdade e serviço por meio da sua devoção para com eles.
•(D) - Davi publicamente honrou o sacrifício dos valentes presenteando a Deus com a água que eles lhe trouxeram em oferta.
•(5) - COMO LÍDER, DAVI ERA A INSPIRAÇÃO DE SEUS LIDERADOS - Ele era alguém que resplandecia a luz do Senhor. Ele era a lâmpada de Israel (II Sm 21:17).
•(A) - Davi já estava velho; não é mais o garoto que matava leões e ursos que ameaçavam rebanhos. Também não é mais o jovem destemido que, com uma funda e cinco pedrinhas, derrubara o gigante Golias. Mas ainda acha que pode guerrear!
•(B) - Acaba de enfrentar outro gigante, Isbi-Benobe, mas quase morre desta vez, não fosse pela intervenção de Abisai. Por isso, seus próprios soldados lhe aconselharam: “Por favor, rei, fica em casa, para que não apagues a lâmpada de Israel”. Como a luz flui da lâmpada, o calor do fogo, e os pensamentos da mente, assim Davi era o símbolo da Providência e Promessas de Deus para Israel.
•(C) - Os liderados de Davi o amavam, respeitavam, obedeciam e lhe devotavam total admiração. A lealdade destes homens não era interesseira, não estavam atrás de promoção, nem eram bajuladores ou hipócritas.
•(D) - Nesta altura dos acontecimentos Davi compõe um cântico a Deus, que corresponde ao Salmo 18, e que expressa agradecimentos por livrá-lo “da palma da mão de todos os seus inimigos e Saul”.
•(6) - COMO LÍDER, DAVI SABIA QUE O MINISTÉRIO EXIGE A EXCELÊNCIA DAQUELES QUE SÃO VOCACIONADOS - Passar pelos desertos das provações lapidaria seu caráter e forjaria sua alma no fogo do Espírito do Senhor. Davi passa a ter consciência do sagrado (I Sm 23; 24).
•(7) - COMO LÍDER, DAVI FEZ NO DESERTO DA ADVERSIDADE O QUE NÃO CONSEGUIMOS NOS OÁSIS DAS IGREJAS -
•(A) - Davi fez de homens perdedores, campeões;
•(B) - de amargurados, em cheios de graça;
•(C) - de endividados, em pedras preciosas;
•(D) - de espíritos abatidos, em Valentes de Deus.
III - O CRESCIMENTO DO MINISTÉRIO DE LIDERANÇA DE DAVI:
•Assim, vemos a liderança de Davi crescer cada vez mais:
•(A) - I Sm 16:11-13 - Ungido no meio de seus irmãos. O Espírito do Senhor se apossou de Davi.
•(B) - Três anos mais tarde… - O Espírito do Senhor, mais Davi e mais “…UNS QUATROCENTOS HOMENS…” - (I Sm 22:1-2)
•(C) - Quatro anos mais tarde… - O Espírito do Senhor, mais Davi e mais “…SEISCENTOS HOMENS…” - (I Sm 27:2)
•(D) - O tempo foi passando…. - O Espírito do Senhor, mais Davi e mais “…UM GRANDE EXÉRCITO, COMO EXÉRCITO DE DEUS”. (I Cr 12:21-22)
•(E) - O tempo passou… - O Espírito do Senhor, mais Davi e mais “…OS HOMENS DE JUDÁ (uma tribo)…” - II Sm 2:3-4
•(F) - Passando mais um pouco de tempo… - O Espírito do Senhor, mais Davi e mais “…TODAS AS TRIBOS DE ISRAEL…” (II Sm 5:1)
•Não nos esqueçamos: Isto tudo porque - “…O SENHOR É COM ELE” - I Sm 16:18.
O CRESCIMENTO DO LÍDER:
•Observamos que o número de liderados cresceu!
•O líder também deve crescer, mas é um crescimento que ocorre “para baixo”;
•“as raízes da sua liderança” se aprofundam para que fiquem escondidas dos olhos do homem, porém, cada vez mais, sejam observadas por Deus e fiquem firmadas no Senhor (Sl 1:3).
•Meditemos, pois, no “crescimento para baixo” que o apóstolo Paulo adquiriu com o passar do seu ministério:
•(A) - No início de seu ministério, disse o apóstolo Paulo: - “QUEM É APOLO? E QUEM É PAULO? SERVOS…”; - I Cor 3:5-8
•(B) - O tempo na vida ministerial do apóstolo foi passando… e ele declarou: - “PORQUE EU SOU O MENOR DOS APÓSTOLO…”; - I Cor 15:9
•(C) - O tempo foi passando… e o apóstolo Paulo falou: - “A MIM, O MENOR DE TODOS OS SANTOS…”; - Ef 3:8
•(D) - Passado mais um tempo… declarou aquele apóstolo: - “… Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, DOS QUAIS EU SOU O PRINCIPAL , isto é, “EU SOU O MAIOR DOS PECADORES - I Tm 1:15.
•Por isso, o conselho de João Batista para todos nós…: “É NECESSÁRIO QUE ELE CRESÇA E QUE EU DIMINUA” - Jo 3:30
•Aí está o verdadeiro “crescimento” de um vocacionado pelo Senhor e líder do povo de Deus.
IV - CONSIDERAÇÕES FINAIS:

•É um grande alento e mui agradável bálsamo para as almas dos líderes quando sabem que podem contar com a ajuda de Deus e seus liderados nos momentos mais difíceis da caminhada cristã. É com esta ajuda que suas almas exaustas e afadigadas encontram descanso em meio ao combate cristão. Por isso, o líder não desiste; permanece inabalável na presença do Senhor. Meditemos em I Cor 15:58.
FONTES DE CONSULTA:

1) Bíblia Vida Nova
2) O Homem de Deus, Suas Características e Suas Responsabilidades - Apostila do Pastor Cleberson Horsth
3) Estudo Bíblico: “Liderança não é para qualquer um” - de Ed René Kivitz
4) Estudo Bíblico: “Lições de liderança baseadas na vida de Davi” - do Pastor George Emanuel
5) Estudo Bíblico: “O que é liderança” - do Pastor Nemuel Kessler

Publicado no blog Escola Bíblica Dominical para Todos

Nenhum comentário:

Postar um comentário